Os Jogos Pan-Americano de Lima tiveram sua abertura na última sexta-feira (26) e, portanto, é um bom momento para recordar outras edições e a participação do Grêmio nelas. Apesar de não ter muitos atletas cedidos em diversas modalidades, alguns jogadores do futebol tricolor já estiveram no Pan representando o Brasil.

Futebol 

Buenos Aires, em 1951, sediou a primeira edição dos Jogos Pan Americanos. Contudo, o Brasil não teve participação no torneio de futebol e só debutou na terceira vez que os jogos foram realizados. Em 1959, em Chicago, o Brasil foi uma das sete equipes na competição. Ao final, a Argentina levou o terceiro ouro seguido e o Brasil ficou com a prata.

Desde então, a Seleção Brasileira de futebol esteve nos jogos Pan-Americanos em 1963, 1975, 1979, 1983, 1987, 1995, 2003, 2007, 2011, 2015. Em todas essas edições, o Brasil conseguiu a medalha de ouro em quatro oportunidades (1963, 1975, 1979 e 1987). A medalha de prata foi levada para casa duas vezes no total, bem como a de bronze.

Em 1979, o Grêmio teve um representante que foi campeão do torneio. Valdoir, lateral-direito, nascido em Pelotas-RS.

Em 2007, ano em que o Pan-Americano foi disputado no Rio de Janeiro, o Grêmio teve selecionado o lateral Bruno Collaço e o meia Tiago Dutra.

Em 2011, o Tricolor repetiu o número de jogadores convocados e cedeu para a competição o meia Misael e o atacante Leandro.

Em 2015, mais dois jogadores que pertenciam ao Grêmio, mas estavam emprestados, foram chamados para representar o Brasil. O zagueiro Bressan e o lateral Tinga. Em Toronto, no Canadá, a dupla conquistou a medalha de bronze para o país.

Tinga quando ainda atuava pelo Tricolor Gaúcho. (Foto: Divulgação – Grêmio FBPA)

Atletismo 

Em 1959 o Grêmio esteve presente nos Jogos Pan-Americanos, sendo representado por dois atletas da categoria. A equipe brasileira de atletismo acabou em terceiro lugar na classificação geral da competição continental.