Na última partida do Grêmio, Rentao Portaluppi não contou com a presença de Maicon, titular absoluto da equipe. Com o volante preservado no confronto contra o Bahia, o Grêmio teve mais uma derrota sofrida e a permanência na zona de rebaixamento. O Tricolor ocupa a 18ª posição na tabela, com apenas cinco pontos. Para sair da situação incômoda, Maicon estará de volta no compromisso diante do Fortaleza, no sábado (8), às 19h, em Caxias do Sul. Em entrevista coletiva, o jogador explicou como se sente com o momento conturbado.

Entrevista  

“É desconfortável. O time está acostumado a brigar para ser campeão. Ver a tabela assim é ruim. A gente sabe disso, tem conversado sobre essa questão. Só nós dentro de campo que vamos reverter a situação. Não tem como fugir. É jogo a jogo. Não vamos mudar a história de um dia pro outro.” 

Aos 33 anos, Maicon é um dos mais experientes do grupo, tendo passado por oito clubes na carreira. O volante reconhece o momento difícil, mas aponta como normal no esporte, e sabe como reverter o cenário. 

“É um momento complicado. Não é o momento de apontar A, B ou C. A responsabilidade é de todos, do roupeiro ao presidente, mas nós somos os principais, somos quem entramos em campo. No futebol tem mais frustrações do que alegrias. Se você desistir, já era, as coisas só vão dificultar mais. Aqui, muitos dos jogadores pegaram só o histórico de vencedor. Não tinham passado pelo momento que estamos passando agora. Eu não. Vivi vários momentos assim. Sou bem maduro. Procuro passar que isso é normal no futebol.” 

Veja na íntegra a entrevista coletiva: 

Agenda no Brasileirão 

De maneira positiva, a agenda do Grêmio durante a semana é só de treinamentos. O próximo duelo do Grêmio, contra o Fortaleza, não será na Arena. A partida será realizada no Estádio Centenário, em Caxias do Sul, em virtude da casa Tricolor ser uma das sedes da Copa América que inicia no próximo dia 14 de junho. 

  • Grêmio x Fortaleza – 08/06, às 19h, Caxias do Sul 
  • Botafogo x Grêmio – 13/06, às 19h15, Rio de Janeiro