O atacante Marinho não faz mais parte do elenco profissional do Grêmio. O jogador se despediu do clube e torcedores com uma mensagem de gratidão em uma rede social. No entanto, nesta segunda-feira (27), Marinho foi apresentado oficialmente no Santos e revelou mágoa com o desfecho no Tricolor Gaúcho.

Palavras de Marinho 

ex-Grêmio ressaltou sua vontade de atuar entre os titulares e que disse que “entrar de vez em quando” não servia para ele. Confira abaixo: 

– No Grêmio eu estava bem também, comecei 2019 bem, até hoje não entendo por que parei de jogar, mas são coisas do futebol. Quanto mais tentamos entender, mais nos chateamos. Aqui é um grande clube, quero jogar, mostrar futebol. Sampaoli falou comigo, quero vir para acrescentar. Quero jogar, gosto de jogar. Entrar de vez em quando não serve. Quero jogar, fazer gol e deixar a torcida feliz – disse Marinho. 

Troca 

A negociação pelo atacante teve o envolvimento do zagueiro David Braz por troca em definitivo. David Braz, que está na Turquia, mas pertence a equipe paulista, jogará no Grêmio por duas temporadas. O defensor, porém, só poderá regressar ao Brasil para representar o clube gaúcho em julho, quando é aberta a janela de transferências do futebol europeu.  A transação entre gremistas e santistas girou em torno dos R$ 4,5 milhões. 

Marinho 

Pelo Tricolor, Marinho atuou em 28 jogos e marcou cinco gols. No Gauchão deste ano, ele anotou quatro gols e vinha como um dos destaques da fase inicial do torneio, mas não manteve a regularidade na Libertadores. O atacante perdeu espaço no time titular de Renato, sofreu com pequenas lesões e agora está longe do Grêmio. Contratado no meio do ano passado por cerca de R$ 9,5 mi, sendo a quinta contratação mais cara da história do Grêmio, Marinho não se firmou e vira uma das maiores decepções do torcedor gremista.